MEGA FORMA

01/10/2014

Comitê eleitoral do candidato Lobão Filho é fechado em Imperatriz e equipe que prestava serviço estão sem receber seus vencimentos!!

impe
Comitê na segunda maior Cidade do Maranhão já fechou. Fonte: Blog Prensa ITZ
A campanha de Edinho Lobão não existe mais em Imperatriz. Desde o começo da disputa eleitoral, o comitê do candidato da família Sarney enfrenta motins e protestos das equipes de rua e de motoristas de carros de som por falta de pagamento. Por várias vezes, o comando do comitê teve de acionar a Polícia para acalmar os ânimos dos trabalhadores e evitar quebra-quebra.
O comitê fechou as portas definitivamente e somente membros da coordenação podem entrar em suas dependências.
Na no final da tarde de ontem (segunda, 29), duas viaturas da Polícia Militar foram chamadas para conter um início de tumulto no comitê, que fica localizado na rua Coronel Manoel Bandeira, próximo à Praça da Cultura, na parte antiga de Imperatriz. Trabalhadores da campanha tentavam obter alguma informação. O clima ficou tenso e houve ameaça de invasão e depredação do prédio.
Líderes de equipes de rua revelam que dezenas de pessoas que trabalham para Edinho abandonaram a campanha sem receber pagamentos. Muitas estão retornando todos os dias ao comitê sob a promessa de que irão receber os atrasados até a eleição, domingo dia 5. Mas não é o que está ocorrendo. Mesmo os que estão sendo pagos, não estão recebendo integralmente.
Segundo relatos, há grupos que ainda não receberam a quinzena e pelo menos um não vê o dinheiro de seu trabalho tem mais de um mês. A revolta é geral.
Os carros de som estão sem circular tem cerca de vinte dias por falta de combustível. Proprietários dos veículos também não receberam o pagamento da locação dos carros. Os motoristas também não receberam os salários atrasados.

Flávio Dino ganha direito de resposta após TV de Edinho divulgar vídeo forjado

A Justiça Eleitoral concedeu nesta terça-feira (30) direito de resposta à campanha de Flávio Dino na TV Difusora e em dois blogs por causa da veiculação do vídeo com falsas acusações contra o candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão.

No vídeo – que rapidamente se mostrou uma farsa –, um presidiário acusa Flávio de integrar uma quadrilha de assalto a bancos e tráfico de drogas. O detento confessou depois ter recebido promessas de dinheiro e regalias para mentir.

A TV Difusora, pertencente ao candidato Edinho Lobão, divulgou o vídeo diversas vezes, mesmo tratando-se de uma evidente farsa, conforme ficou provado.

A campanha de Dino entrou com pedido de direito de resposta. Após o Ministério Público Eleitoral se manifestar favoravelmente, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu no mesmo sentido.

Calúnia e manipulação

Na decisão, a juíza Maria José França Ribeiro ressalta que, quando o vídeo foi divulgado, não se sabia quem era o preso e nem o local onde foram dadas as informações. Logo, o vídeo não tinha credibilidade alguma: "Até mesmo porque, como pontuou o Ministério Público Eleitoral em seu parecer, se mostraram essas afirmações insubsistentes, com forte suspeita de manipulação".

A juíza acrescenta que faltou "mais cuidado quanto à mínima apuração da procedência das afirmações nele contidas, antes de sua ampla divulgação".

"Ademais, o conteúdo do referido vídeo deixa patente seu viés calunioso, já que alguém não identificado, em circunstâncias obscuras, atribuiu ao representante [Dino] a liderança de uma quadrilha."

Para a juíza Maria José França Ribeiro, ficou evidente o "grave prejuízo eleitoral que a divulgação, às vésperas de uma eleição e sem as precauções devidas, de uma notícia dessa natureza pode ocasionar à candidatura de quem quer que seja".


25/09/2014

Diretores de Pedrinhas são afastados pela gravação de vídeo de Flávio Dino

Flávio Dino disse que o vídeo é parte dos ataques que vem sofrendo de seus principais adversários na campanha eleitoral

Dois diretores de uma das unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, foram afastados nesta quinta-feira (25/09) do cargo. O afastamento foi motivado pela denúncia de um preso, que afirmou ter recebido dos diretores proposta para gravar um vídeo acusando o candidato do PCdoB ao governo do Maranhão, Flávio Dino, de ter participado de um roubo. A denúncia do detento foi revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A Secretaria Estadual de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) determinou o afastamento imediato de Carlos Eduardo Sousa Aguiar, diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), e de Elenilson Araújo, diretor administrativo da CCPJ, até que sejam concluídas as investigações sobre o vídeo, levado ao ar no começo desta semana, durante um programa de grande audiência da TV Difusora, pertencente à família do senador Edison Lobão Filho, candidato do PMDB ao governo estadual. Há apenas 11 dias, outro diretor de Pedrinhas, Cláudio Barcelos, foi detido preventivamente, por suspeita de facilitar a fuga de presos em troca de dinheiro.

Em depoimento prestado na tarde de quarta-feira (24), André Escócio de Caldas revelou que tudo não passou de uma armação. Caldas acusou os dois diretores de lhe prometerem dinheiro e outros benefícios, como um possível alvará de soltura, caso ele aceitasse aparecer em um vídeo acusando Flávio Dino de participação em um roubo e de ter ligações com uma organização criminosa. A denúncia está sendo investigada pela Polícia Federal (PF), pela Superintendência de Investigações Criminais da Secretaria de Segurança Pública e pela corregedoria da Sejap.

Segundo o Estado de S. Paulo, no depoimento, Caldas confirmou que conhece os criminosos que participaram do roubo, mas negou o envolvimento de Dino. O preso também afirmou que o vídeo contra o candidato foi feito na própria sala de Aguiar, registrado por uma câmera e um celular. Ainda de acordo com o jornal, o diretor da CCPJ também prestou depoimento, confirmando ter gravado o vídeo, mas com o intuito de registrar a denúncia do preso, a quem chegou a dizer que, caso pudesse provar a denúncia, poderia receber benefícios do Poder Judiciário por meio da delação premiada. Caldas negou ter atuado em nome de partidos políticos.

Flávio Dino disse que o vídeo é parte dos ataques que vem sofrendo de seus principais adversários na campanha eleitoral. “De forma irresponsável, a TV de propriedade do meu adversário passou a exibir um vídeo anônimo, armado, falsificado, com personagens que ninguém sabe quem são, inventando histórias absurdas e sem nenhuma prova”. O candidato do PCB informou que já pediu à PF para investigar a origem do vídeo a fim de processar os responsáveis.

Veja, na íntegra, a nota que o governo informa o afastamento dos diretores:

A Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap) informa que determinou o afastamento imediato de Carlos Eduardo Sousa Aguiar, diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, e Elenilson Araújo, diretor administrativo da CCPJ de Pedrinhas, até que sejam concluídas as investigações sobre o vídeo do detento André Escócio de Caldas.

Além da Corregedoria da Sejap, a Superintendência de Investigações Criminais (Seic) - órgão da Secretaria de Segurança Pública (SSP) –, e a Polícia Federal também estão investigando o caso.

Polícia Federal entra no caso das candidatas-laranjas da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′


Fonte: atual7.com

Pedido de abertura de inquérito foi feito nessa quarta-feira (24). Favoritos para a Assembleia Legislativa podem ter os votos anulados.


Opinião do Blog: Se esse caso fosse relacionado  a politicos de oposição ao governo do Maranhão,  seria aplicado pela "justiça" todos os rigores da LEI,  como o que aconteceu como ex-governador Jakson Lago! No maranhão infelismente  é assim, basta você ter padrinhos fortes que jamais será  incomodado pelas autoridades, e esse caso não vai dar em nada, e o povo maranhense continua fazendo o papel de palhaço.

Foi dado entrada na Polícia Federal e no Ministério Público Eleitoral (MPE) do Maranhão, nessa quarta-feira (24), um pedido de abertura de inquérito para apurar a revelação feita pelo ATUAL7, na última terça-feira (23), de que três candidatas-laranjas da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′ concorrem ao pleito de outubro próximo de forma irregular, sob iniciativa do presidente do PMDB no Maranhão e segundo suplente de senador pela coligação ‘Pra Frente Maranhão’, Remi Ribeiro. A informação é da própria coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′.

O presidente do PMDB no Maranhão, Remi Ribeiro, que pode derrubar toda uma coligação por uma irregularidade na formação da chapa. Foto: Divulgação / PMDB
CERCA VELHA O presidente do PMDB no Maranhão, Remi Ribeiro, que pode derrubar toda uma coligação por uma irregularidade na formação da chapa. Foto: Divulgação / PMDB
Composta por oito partidos – PMDB, DEM, PTB, PV, PTdoB, PSC, PRTB, PR -, a coligação entrou em desespero pelo fato de seus 101 candidatos estarem na mira de um Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) ou uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) – não há mais prazo para pedido de impugnação de candidatura – por Remi Ribeiro ter cadastro três servidoras do Estado que não se desincompatibilizaram a tempo de suas funções, conforme determina a Lei Complementar n. 64/1990, a chamada Lei de Inelegibilidade, e a jurisprudência do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Pressionada principalmente pelos caciques e filhotes do Poder que concorrem à Assembleia Legislativa pela coligação, a ‘Pra Frente Maranhão 2′ chegou a distribuir nota dando conta que a notícia seria a de que os candidatos já estariam inelegíveis – falseando as informações publicadas pelo ATUAL7.
Abaixo, a lista dos 22 favoritos na disputa pelo cargo de deputado estadual pela ‘Pra Frente Maranhão 2′, que se desesperaram ao saber que a irregularidade na coligação pode levar toda a chapa a ‘cair’ no TSE, devido ao risco de terem seus votos anulados – embora os advogados da chapa já estudem o corte de quase 20 candidaturas masculinas para cumprir a cota por sexo estabelecida pelo parágrafo 3º do artigo 10 da Lei das Eleições.
  1. Afonso Manoel (PMDB)
  2. Andréa Murad (PMDB)
  3. Hélio Soares (PMDB)
  4. Max Barros (PMDB)
  5. Nina Melo (PMDB)
  6. Roberto Costa (PMDB)
  7. Socorro Waquim (PMDB)
  8. Adriano Sarney (PV)
  9. Hemetério Weba (PV)
  10. Edilázio Júnior (PV)
  11. Rigo Teles (PV)
  12. Antônio Pereira (DEM)
  13. César Pires (DEM)
  14. Manoel Ribeiro (PTB)
  15. Léo Cunha (PSC)
  16. Rogério Cafeteira (PSC)
  17. Fábio Braga (PTdoB)
  18. Carlos Filho (PRTB)
  19. Stênio Rezende (PRTB)
  20. Camilo Figueiredo (PR)
  21. Josimar da BR (PR)
  22. Vinícius Louro (PR)

24/09/2014

Perdeu playboy…

Em depoimento prestado junto à Superintendência Estadual de Investigações, Criminais na noite de ontem última terça-feira 23/09, o presidiário André Escócio de Caldas confirmou que recebeu promessas de regalias para gravar vídeo contra Flávio Dino. André figura em vídeo veiculado nos últimos dias pela TV e pela rádio Difusora, blogs ligados ao grupo Sarney, ao portal iMirante e ao jornal O Estado do Maranhão – propriedade da família Sarney. Ouvido pelos delegados da Polícia Civil Tiago Mattos Bardal na noite de terça, André Escócio afirmou que o vídeo foi gravado há cerca de oito dias na sala do diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas, Carlos Aguiar.

Justiça de Pedrinhas, Carlos Aguiar.

Helio Soares, Léo Cunha, Antonio Pereira, Dr.Padúa e Sergio Vieira tem candidaturas ameaçadas e podem ficar de fora da disputa a uma vaga na assembleia Legislativa do Maranhão!!

Fonte: www.atual7.


Erro de Remi Ribeiro tira toda a coligação ‘Pra Frente Maranhão’ da disputa pela Assembleia.


Presidente Estadual do PMDB cadastrou servidoras do Estado como candidatas para cumprir a cota de vagas para as mulheres

A falta de mulheres na montagem da chapa de deputado estadual na coligação ‘Pra Frente Maranhão’ deve tirar todos os candidatos da coligação da disputa pela Assembleia Legislativa do Estado nas eleições deste ano. Formada por 18 partidos – PMDB, DEM, PTB, PV, PTdoB, PSC, PRTB, PR, PEN, PMN, PHS, PSD, PT, PRB, PSL, PRP, PSDC, PTN – a coligação deve ter o registro – ou diplomas – de todos os seus candidatos cassados pela Justiça Eleitoral por ter em seu quadro pelo menos três servidoras do Estado que não se desincompatibilizaram e continuam exercendo suas funções no Governo Roseana Sarney.
Suplente de Gastão Vieira, Remi Ribeiro pode ser o responsável pela queda de todos os candidatos da coligação 'Pra Frente Maranhão'. Foto: Divulgação/PMDB
DÁ ZERO PRA ELE Suplente de Gastão Vieira, Remi Ribeiro pode ser o responsável pela queda de todos os candidatos da coligação ‘Pra Frente Maranhão’. Foto: Divulgação/PMDB
O ATUAL7 apurou que a entrada das servidoras na disputa foi de iniciativa do presidente Estadual do PMDB e segundo suplente de senador na chapa do deputado Gastão Vieira, Remi Ribeiro – há indícios de participação da governadora Roseana Sarney, como forma de burlar à imposição legal de ter pelo menos 30% de candidatos do sexo feminino. Ao tomar conhecimento da jogada no último sábado (20), o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, soltou os cachorros pra cima de Remi, devido ao risco real de sua filha, Andre Murad, estar fora da disputa. A briga foi tão feia que levou Remi Ribeiro a sofrer infarto e ser internado às pressas para uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva).
As servidoras usadas como ‘candidatas-laranja’ por Remi são a Assessora Especial da Casa Civil, Joana Marques; Camila Rodrigues Sampaio Nunes, Assessora Especial do Cerimonial do Governo do Estado; e Conceição Domingas Costa dos Santos, Chefe de Gabinete da Administração. Apesar de permanecerem lotadas nos cargos até hoje, todas tiveram suas candidaturas deferidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, mas devem ter suas candidaturas cassadas pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE).
Para que se tenha uma ideia do rigor pelo cumprimento da Lei, há menos de um mês, por motivos semelhantes ao ocorrido no Maranhão, o TSE tirou a chance de 51 políticos do Goiás de se candidatarem nas eleições deste ano. Formada por seis partidos — PEN, PSL, PTC, PHS, PMN e PV — a coligação Unidos por Goiás teve o registro de todos os seus candidatos cassados pela Justiça Eleitoral por não obedecer à imposição legal de ter pelo menos 30% de candidatos do sexo feminino. Outro caso também foi registrado contra candidaturas no Estado do Mato Grosso.
Servidoras do Estado foram cadastradas por Remi Ribeiro como candidatas-laranja a deputada estadual para cumprir a cota dos 30%. Foto: DivulgaCand
CANDIDATAS DE REMI Servidoras do Estado foram cadastradas por Remi Ribeiro como candidatas-laranja a deputada estadual para cumprir a cota dos 30%. Foto: DivulgaCand
Abaixo, o ATUAL7 traz os nomes e coligações proporcionais dos 43 candidatos favoritos na disputa – a maioria concorre à reeleição – que, juntamente com o restante da coligação ‘Pra Frente Maranhão’, devem estar fora das eleições de outubro próximo, devido a irregularidade nas três ‘candidaturas-laranjas’ criadas por Remi Ribeiro para cumprir a cota por sexo estabelecida pelo parágrafo 3º do artigo 10 da Lei das Eleições:

PMDB, DEM, PTB, PV, PTdoB, PSC, PRTB, PR

  1. Afonso Manoel
  2. Andrea Murad
  3. Hélio Soares
  4. Max Barros
  5. Nina Melo
  6. Roberto Costa
  7. Socorro Waquim
  8. Adriano Sarney
  9. Hemetério Weba
  10. Edilázio Júnior
  11. Rigo Teles
  12. Antonio Pereira
  13. Cesar Pires
  14. Manoel Ribeiro
  15. Léo Cunha
  16. Rogério Cafeteira
  17. Fábio Braga
  18. Carlos Filho
  19. Stenio Rezende
  20. Camilo Figueiredo
  21. Josimar Cunha

PEN, PMN, PHS, PSD

  1. Jota Pinto
  2. Sergio Vieira
  3. Eduardo Braid
  4. Priscila Sá
  5. Carlinhos Florêncio

PT

  1. Francisca Primo
  2. Zé Inácio
  3. Américo
  4. Fernando Silva

PRB

  1. Ana do Gás
  2. Glaubert Cutrim
  3. Dr. Pádua
  4. Júnior Verde

PSL

  1. Graça Paz
  2. Edson Araújo
  3. Roma

PRP, PSDC, PTN

  1. Fábio Gentil
  2. Marcos Caldas
  3. Aristides Milhomem
  4. Paulo Neto
  5. Alexandre Almeida
  6. Sousa Neto

23/09/2014

Coligação Todos Pelo Maranhão protocola ação no MPF contra Edinho Lobão e blogueiros por falso vídeo

A coligação Todos Pelo Maranhão protocolou nesta terça-feira (23/set) na Procuradoria Geral da República um pedido de investigação da responsabilidade do candidato Edinho Lobão na produção de um vídeo anônimo acusando Flávio Dino de envolvimento em crimes.

A ação judicial da Todos Pelo Maranhão afirma que há elementos factuais que comprovam que Edinho tinha conhecimento prévio da produção do vídeo. A ação também pede para investigar o envolvimento de Gilmar Correa, diretor de Jornalismo da TV Difusora. De propriedade de Edinho Lobão, a TV foi a única a exibir o vídeo.

A ação ainda pede a investigação dos blogueiros Daniel Matos e Marco Deça, ambos funcionários do Sistema Mirante da família Sarney; que contribuíram na divulgação do material. O vídeo anônimo mostra um suposto criminoso, que não se identifica, apontando Flávio Dino como mentor de um esquema criminoso que não é explicado no vídeo.

O vídeo teve péssima repercussão nas redes sociais, o que obrigou o blogueiro Daniel Matos a retirar o vídeo do ar. A Difusora, de propriedade de Edinho, é o único veículo de comunicação do Maranhão a seguir difundindo a denúncia anônima.

A liberdade de expressão, direito constitucional no Brasil, veda o anonimato. Denúncias, como as feitas no vídeo, devem ter um autor. Na ação, a coligação Todos Pelo Maranhão afirma que, se participaram da produção do filme, os envolvidos praticaram falsidade ideológica eleitoral – que pode levar a 5 anos de prisão.

Após incêndio criminoso em trio elétrico, Juscelino diz que nada vai calar a sua voz


Mesmo fazendo uma campanha humilde rumo à Assembléia Legislativa, Juscelino Oliveira(PP)vem contando com a ajuda da população da Cidade de Açailândia, certamente por essa razão, sua ascensão nas ruas tem despertado a raiva dos adversários que não aceitam a boa aceitação do homem determinado no que faz.
Na manha desta terça-feira 23/09, na Vila Ildemar, Juscelino sentiu a ira dos que tramam contra seu ideal de trabalhar ainda mais pela Cidade com cerca de 65 mil eleitores.
De forma criminosa, dois elementos jogaram coquetel molotov ateando fogo no trio elétrico do candidato que estava parado e com o som ligado. Além do nome e foto de Juscelino, o veículo ainda continha a propaganda do candidato a reeleição na Câmara Federal, deputado Simplício Araújo(SD) e de Flávio Dino(PCdoB).
Vice-prefeito de Açailândia, Juscelino conversou por telefone com o titular do Blog, disse que sua candidatura tem incomodado muita gente, pois, tem chances reais de sair da Cidade com eleição garantida.
“Nada vai calar a sua voz e a vontade do povo que é soberana. Pois os adversários sabem que eleito não vamos permitir que Açailândia e nem o Maranhão seja abandonada por pessoas que não tem compromisso com o povo.” Disse.
Ninguém ficou ferido no incêndio, o caso foi denunciado na polícia pelo candidato e caberá à perícia apurar os fatos.

21/09/2014

Neto de Sarney dá ‘chilique’ em Vila Nova dos Martírios e manda deputado se fu…

Adriano Sarney cabisbaixo com a passeata que não lhe agradou no município de Vila Nova dos Martírios-MA
Adriano Sarney cabisbaixo com a passeata que não lhe agradou no município de Vila Nova dos Martírios-MA
O economista e candidato à deputado estadual pelo PV, Adriano Sarney, filho do deputado federal Zequinha Sarney e neto do senador José Sarney, deu um verdadeiro ‘chilique’, Durante a visita do candidato a governador Edinho Lobão, no município de Vila Nova dos Martírios-MA.
Tudo começou porque o neto de Sarney ficou enciumado com a recepção que o candidato à deputado estadual Glalbert Cutrim recebeu do grupo político do presidente da Câmara, vereador Antonio Hércules Viana, que organizou uma grande festa.
Hércules reuniu um grande número de pessoas e montou um comitê à espera de Edinho, com cartazes, faixas e bandeiras de Glalbert Cutrim.
Ao chegar no local com Edinho Lobão, o deputado federal Chiquinho Escórcio – que também é votado pelo vereador Hércules, e toda comitiva da campanha, Adriano Sarney ficou furioso com a festa organizada para Glalbert.
O filho de Zequinha começou a protagonizar atos de ‘baixaria’, perdendo as estribeiras e tomando satisfação com presidente da Câmara de Vila Nova dos Martírios.
O clima esquentou tanto, que foi preciso a turma do deixa disso entrar em cena. Sobrou até para o deputado Chiquinho Escórcio, que ao tentar acalmar o neto de Sarney, foi mandado se fu…
Adriano Sarney é votado pela prefeita da cidade, Karla Batista (PSDB), que enfrenta uma grande rejeição devido sua desastrosa administração. Por isso, não conseguiu reuniu um grande número de apoio para seu candidato à deputado estadual, que ‘desceu das tamancas’ e rodou o salto.

Brasiliense que se tornou senador sem voto "sonha" em ser governador do Maranhão!!

Difícil de acreditar, que uma pessôa em sã consciência vai  ter a coragem de votar no candidato Lobão Filho para governador do Maranhão.

Não que eu tenha nada contra esse cidadão, até porque nem mesmo o conhecia antes dele se tornar “Edinho 30” na época em que seu pai, o atual ministro das minas e energia Edison Lobão foi governador desses sofrido estado, e nada fez para que a vida do Maranhense melhorasse.

Para quem não sabe, Lobão Filho nasceu e foi criado em Brasília, sempre frequentou a alta sociedade Brasiliense à custa do suor do sofrido povo Maranhense, pois seu pai Edison Lobão chegou a capital federal muito cedo, para trabalhar nas redações de diversos órgãos de comunicação, foi quando o mesmo despertou para a politica a convite do seu pupilo, o senador Jose Sarney.

Após casar-se com sua senhora Paulinha Lobão, filha de família tradicional da capital federal, o menino playboy que nunca teve que trabalhar para conseguir seu suntuoso patrimônio, ganhou a missão da família de voltar ao estado natal do seu genitor, para e “administrar” as empresas da família, e uma delas é a (TV DIFUSORA) que retransmite no estado o sinal do (SBT).

Lobão Filho o "senador sem voto", que nunca teve que trabalhar duro para conseguir seus objetivos, estar tendo muita dificuldade em enfrentar uma campanha politica dentro do estado natal do seu genitor, pois o mesmo só conhecia a capital São Luís, e uma vez ou outra visita os municípios de Imperatriz e Grajaú, cidades onde a família mantem negócios.

A situação não é nada confortável para a campanha do "senador sem voto", que até mesmo a atual governadora Roseana Sarney, tem feito pouco empenho em ajudar a eleger Lobão Filho governador, prova de que nem mesmo o grupo Sarney acredita no playboy Brasiliense.

Se o próprio grupo politico que o lançou candidato, dar a entender que não acredita nesse projeto politico, e você amigo eleitor também vai entrar nessa barca furada?  Muito cuidado nessa hora, as ofertas de dinheiro vai ser grande, receba tudo que lhe oferecer, mas vota em quem você quiser, afinal vivemos numa “democracia”.

20/09/2014

POLITICANDO

Lobão Filho em Acailândia.
A pergunta que não quer calar, será qual foi o real motivo em que a prefeita Gleide Santos não ter ido  prestigiar a visita do candidato ao governo Lobão Filho em Açailândia? Dizem as má línguas, que tem haver com o fato do medíocre deputado Hélio Soares já ter pulado de barco e "cair nos Braços de Flavio Dino", será? ou simplesmente Lobão Filho ficou com medo das vaias?

O deputado com medo.
E por falar em Hélio Soares, outro deputado que estar com medo de perder a "mamata" é Antônio Pereira, dono de uma empresa de nome "Bem Viver", que juntamente com o apoio do ex-secretário de saúde do estado Ricardo Murad, vem a tempos “administrando” os recursos da combalida saúde do estado, com a possivel vitoria de Flavio Dino é "favas" contadas o final dessa mafia na saúde.

Membros do PIG em Ação.
Dizem que o derrame de dinheiro público estar sendo muito grande nessas eleições, segundo informações, existem diversos lideres políticos e até mesmo membros da imprensa de Açailândia, ganhando uma “fortuna” par defender políticos paraquedistas, e esquecer os políticos da região.

Um homem de coragem.
O candidato a deputado federal Jeová Alves é um homem de coragem, mesmo com uma candidatura embargada pela justiça, onde o mesmo figura com processos inclusive já ate transitado em julgado, continua com sua campanha nas ruas.

O cara de pau
Outro candidato corajoso e “cara de pau” é o ex-prefeito de Imperatriz Ildon Marques, que mesmo tendo sua candidatura indeferida pela justiça, e confiando seriamente em apadrinhamentos políticos, continua com sua candidatura nas ruas.

Outro cara de pau
Já Weverton Rocha esse dispensa comentário, envolvido até os dentes em denuncias de corrupção, e confiante na morosidade da justiça, e ate mesmo em seus padrinhos políticos, continua com suas campanhas ruas, é muita cara de pau.

Prova de fogo.
Prova de fogo vai ter a prefeita Gleide Santos quando se findar as apurações e forem conclamados os resultados, nessa hora vai se medir pra valer seu prestigio politico, baseado na votação do seu candidato a deputado estadual o medíocre deputado faz nada Hélio Soares.

Em agúas tranquilas
O atual vice-prefeito e candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira se encontra numa situação bastante tranquila, mesmo sendo vice-prefeito, não tem nada a ver com os desmandos administrativos supostamente praticados pela prefeita Gleide Santos, e com isso tudo indica que será o grande vencendor nessas eleições.

Em paz
Já o pastor Cavalcante é outro candidato a deputado da terra que já pode encomendar o paletó da posse, apoiado por centenas de congregações da qual e líder, e até mesmo por pessoas não evangélicas, como por exemplo, o líder politico e medico Benjamim de Oliveira e o empresário Geraldo do Genova hotel.

Mulher de fibra

Já a jornalista Rosi Vicentini, não tem como negar que seja uma ótima opção nessa eleição, mulher de “fibra”, a jovem e competente jornalista que cresceu e conviveu em Açailândia por toda sua infância e adolescência, que foi descoberta profissionalmente pelo incansável Paulo Sobreira “in memoriam”, hoje desponta como uma ótima alternativa ao eleitorado. 

Mulher com cisto de 8kg quase morre por conta do “espírito desumano” de Gleide Santos e seus subordinados

Fonte: .amarcosnoticias.com.br

A situação é bastante critica em Açailãndia, o ministerio público tem que entrar em ação imediatamente e coibir esses atos irresponsavel da chefe do executivo municipal, do contrario, um dos municipios mas importante do estado vai sumir do mapa.

Mulher esperava por cirurgia do município a quase 4 anos.
Arlete 1Açailândia - Mais uma vez fica provado a incompetência e falta de respeito da prefeita Gleide Lima Santos (PMDB) e seus subordinados, para com a população do municio de Açailândia.
Pasmem os senhores, uma mulher identificada como Maria Arlete da Silva (38), moradora da quadra 60 da Vila Ildemar, que tinha um cisto que já pesava 8kg aproximadamente, por pouco não morreu a míngua por conta do espírito desumano de Gleide e seus comandados.
Segundo a senhora que não tem poder aquisitivo, desde que descobriu o problema a quase 4 quatro anos atrás, que vinha caminhando para o hospital municipal (SESP) e para secretaria de saúde, na tentativa de resolver o problema.
Ainda segundo Arlete, mesmo tendo batido na porta da secretaria e da própria prefeita centenas de vezes, ninguém nunca demonstrou nenhum interesse em resolver sua situação, que só teve uma atenção especial depois que a mesma expôs o problema através do programa ‘Açailândia Urgente’ da TV CIDADE (BAND), apresentado pelo titular deste noticioso.
Segundo o que apurou o Blog, a paciente em questão só passou tanto tempo para expor a situação temendo que seu marido que é funcionário contratado da prefeitura fosse demitido, já que uma das características da prefeitas desse município é perseguir aqueles de alguma forma lhe contrariam.
Opinião do Blog
Esperamos que depois dessa atitude dessa senhora, que para não morrer recorreu ao nosso programa de TV, seu marido que é funcionário contratado da prefeitura não seja demitido!

Lideranças sem prestigio e discursos medíocres marcam a inauguração do comitê de campanha de Lobão Filho em Açailândia!

Fonte: gilbertofreire.com.br/

Na noite desta sexta feira 19, o candidato ao governo do estado Lobão Filho (PMDB), junto com sua caravana esteve em Açailândia para inaugurar seu comitê de campanha.

Com um pequeno público formado apenas por funcionários de alguns candidatos da cidade, o evento foi um fiasco, especialmente quando o assunto foi discurso de liderança, os poucos aliados que foram prestigiar o fraco desempenho de Lobão Filho não tiveram muita empolgação, a gritaria era mais evidente do que as propostas, que, aliás, nem apareceram nos discursos. O destaque mais negativo foi à participação do candidato a deputado federal Jeová Alves que entrou na disputa somente para não ficar esquecido, e falou como quem seria eleito, uma demagogia sem tamanho.

A estimativa foi que umas 400 ou 500 pessoas foram ao evento que após o ato inaugural, se transformou em comício. Entre os candidatos do grupo de Lobão Filho, sentiu-se a falta do Pr. Cavalcante do PSC, candidato a deputado estadual, que diz ser aliado do grupo, mas sua base principal faz campanha para Flavio Dino, inclusive seu maior aliado e coordenador, o Pr. Silvio Vieira. Esse fato, aliás, tem sido bastante corriqueiro com muitas lideranças que estão do lado de Lobão Filho, muitos já abandonaram o barco e caíram nos braços do comunista Flavio Dino, outros que ensaiaram pular do barco só não foram por causa de pressões dos caciques Sarneystas que mandam neles.

Lobão sentiu na pele o que é ser uma ovelhinha dentro de um covil de lobos velhos sem prestigio!

09/09/2014

Revelação que Rose Vicentini é moradora de Imperatriz cai como uma bomba na campanha

Fonte:rei12.com.br

A candidata a deputado estadual Rose Vicentini, moradora da cidade de Imperatriz, foi a primeira candidata a colocar a campanha nas ruas de Açailândia, no inicio o discurso de que seria uma candidata da cidade abriu algumas portas e garantiu vários apoios, ate que a verdade aparecesse.

1002659_668251316566391_1814864835_n  Nas ultimas semanas circula pelo Whatsapp, e redes sociais, um documento que mostra que Vicentini tem seu domicilio eleitoral no município de imperatriz, já que a locutora mora e trabalha há vários anos na cidade de Imperatriz, Rose é filiada ao PSB diretório municipal de imperatriz e vota no INCRA no bairro do bacuri lá em imperatriz.
A revelação que Rose Vicentini não é moradora nem tão pouco eleitora de Açailândia, caiu como uma bomba na campanha da candidata, fazendo com que Ela perdesse vários aliados e apoio popular, já que votar em deputado estadual de fora tem sido um sentimento combatido há anos pela população.
1 - Baixo certidão emitida pelo TSE onde mostra o local de votação de Vicentini no Bacuri em Imperatriz
vicentini 
2 - Veja certidão de filiação partidária emitida pelo TSE onde identifica o partido PSB de Imperatriz
vicentinecertidao1404593636285 (1)
3 - Rose Vicentini demostra nas redes sociais o todo seu orgulho de ser Imperatrizense, fotografando com a Bandeira de imperatriz.
image

08/09/2014

Após escândalo da Petrobrás, Edinho Lobão cancela agenda em cidade da Refinaria Premium

Fonte:gilbertolimajornalista

A cidade de Bacabeira é marcada pela expectativa da Refinaria Premium, prometida em 2010 como a grande salvação do Maranhão pela então candidata Roseana Sarney. Com o recente escândalo da Petrobrás envolvendo a governadora Roseana e o ministro Edison Lobão, de Minas e Energia, o candidato apoiado por ambos teve que cancelar a visita à cidade, que estava marcada para este domingo (07).

Um comício na cidade de Bacabeira seria protagonizado por Edinho Lobão (PMDB), candidato a Governador e que está em segundo lugar nas pesquisas. A agenda foi divulgada durante a semana inteira e chegou a constar no site oficial do candidato.

Após a denúncia das revistas Veja, Época e IstoÉ de envolvimento de Lobão e Roseana Sarney em escândalos de propina pagas com dinheiro da Petrobrás, a agenda foi cancelada. Na agenda do candidato modificada após a eclosão do escândalo em rede nacional consta para o domingo “reunião com assessoria política”.

O caso veio a tona após o ex-diretor de Abastecimento da empresa, Paulo Roberto Costa, informar em depoimento à Polícia Federal que Roseana Sarney, José Sarney e Edison Lobão estão diretamente envolvidos no esquema que tem tomado conta do noticiário nacional.

No Maranhão, Paulo Roberto era o interlocutor do Governo do Estado na implantação da Refinaria Premium que ficaria em Bacabeira. 5 anos depois do anúncio, a obra consumiu mais de R$ 2 bilhões e no local onde estariam sendo feitas as obras, existe apenas uma espécie de buraco visitada no início do ano por uma comissão do Congresso Nacional que veio vistoriar a aplicação de verbas públicas no Maranhão.

O cancelamento da agenda de Edinho Lobão teve como mote a avaliação de que a ida ao centro do escândalo da Petrobrás no Maranhão poderia trazer ainda mais rasuras à sua imagem e a de seu pai, apontado como um dos maiores beneficiários do escândalo de corrupção com a Petrobrás. Na cidade, Edinho Lobão seria questionado sobre o futuro da Refinaria – que, segundo relatório divulgado pela empresa estatal, foi adiada para 2029.